Evento

Escritas Urbanas de Maputo - Projeto coletivo

Exposições // Debates // Oficinas // Rap Battle

DE 16 A 20 DE SETEMBRO

GRATUITO

 

Partindo da ideia de que as escritas podem ser analisadas como um elemento motor das dinâmicas urbanas, o projeto coletivo “ESCRITAS URBANAS DE MAPUTO” foi iniciado em 2012, através de uma parceria entre a Universidade Pedagógica de Maputo e a École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Como as escritas se inserem, se expõem, se impõem no espaço público? Sendo a rua um espaço onde novas formas sociais e políticas podem ser criadas, quais são as formas que surgem numa cidade como Maputo? Entre escritas formais ou informais, a diversidade de formas é grande e revela a relação dos habitantes com a sua cidade. Entre exposições, debates, oficinas e battle de rap, o projeto coletivo “Escritas Urbanas” abre interrogações, propõe testemunhos e ações de escritas e artes de rua.

 

COLETIVO: Universidade Pedagógica (CEMEC); École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS); Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM); École Superieure d’Arts des Pyrénées (ESAP); Escola Nacional de Artes Visuais (ENAV); Collectif Cochenko; Faculdade de Arquitetura da Universidade Eduardo Mondlane; Centro de Documentação e Formação Fotográfica (CDFF).

 

Mais informações

 

 

 

 

 

 

Teatro

Woyzeck

Rogério Manjate e oficina de teatro Galagalazul

SEXTA-FEIRA 19 DE SETEMBRO - 19H

SÁBADO 20 DE SETEMBRO - 18H

AUDITÓRIO | 150MT / 50MT (Clube Cultural & -12 anos)

 

Woyzeck é uma peça universal e contemporânea que fala para todos os públicos.Franz Woyzeck, um soldado raso, vive com Maria e têm um filho. Ele participa numa experiência científica conduzida por um doutor onde deve comer nada mais do que ervilhas. A sua saúde mental degrada-se. Nisso, Maria começa a interessar-se pelo Tamboreiro-mor. Possuído pelo ciúme, Woyzeck apunhala Maria até à morte. E nós contamos esta mesma história à nossa maneira. A encenação é uma mistura delibera da de estilos em busca do equilíbrio entre o texto, o físico e o visual, à procura de uma teatralidade particular que reforça a universalidade e contemporaneidade do texto de Büchner

 

Texto: Georg Büchner / Dramaturgia e Encenação: Rogério Manjate / Elenco: Horácio Guiamba, Absalão Narduela, Márcia Zime / Figurinos e cenário: Galagalazul

 

Mais informações


FAÇA O DOWNLOAD
DO PROGRAMA BIMESTRAL

PROGRAMA AGOSTO-SETEMBRO
Programa CCFM-agosto-setembro2014-WEB.pd
Document Adobe Acrobat [2.3 MB]
Télécharger

Para receber a newsletter!

Nome *
Apelido *

Note : Les champs marqués d'un * sont obligatoires.