DETALHES

Abr 14 2021
18:30H - 19:00H
Online
Ficha Técnica

Filmagem e Edição: Mac Creative Lines

Outras Informações
Descrição

CARAS DO FRANCO – Entrevistas com David Bamo é uma série de conversas com diversos actores culturais sobre as suas memórias e vivências a volta do Centro Cultural Franco-Moçambicano. O espaço procura recordar momentos marcantes e compreender a relevância do CCFM em todo ecossistema das artes da cidade de Maputo e do país no seu todo. Passam pelo CARAS DO FRANCO artistas, activistas e sobretudo guardiões da diversidade e criatividade que também ajudaram a consolidar a visão e os ideais do Franco. Bem-vindos!

David Bamo é jornalista cultural e apresentador de televisão. Actualmente edita e apresenta programas culturais na Televisão de Moçambique e na RTP África; é co-apresentador do Músicas de África, autor e editor da série Fora de Cena.

Coordena o Seminário de Jornalismo Cultural, uma plataforma que tem estado a redefinir o espaço/presença dos conteúdos de arte na comunicação social em Moçambique; com debates, programas de estágios internacionais e workshops. Como empreendedor, fundou a agência de comunicação SóArte Media.

Em 2020 foi vencedor do Prémio África Ideias atribuído pela RTP África.

Ana dos Remédios Magaia nasceu em Lourenço Marques, hoje Maputo, na circunscrição de Marracuene, Moçambique, em 1958. Vive actualmente na localidade de Michafutene-Kumbeza. É actriz há um pouco mais de 40 anos. Trabalhou no primeiro grupo cultural (oficial) do país, após a independência, o então Grupo da Direcção Nacional de Cultura. Esteve na Associação cultural Txova Xita Duma, passou pelo Mutumbela Gogo, na época da sua formação, e colaborou com a Casa Velha, em Maputo. Representou várias peças de teatro em Portugal, onde durante 5 anos, se formou em teatro com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian. Também representou em França, Espanha, Alemanha, Tanzânia, entre outros. Muito recentemente, voltou  a colaborar com o Centro Cultural Franco- Moçambicano, com a peça de teatro “Incêndios” de Wajdi Mouawad e encenação de Victor de Oliveira. Participou com actriz principal na primeira longa-metragem moçambicana: “O Tempo dos Leopardos”. Participou em várias co-produções de cinema, nacionais e internacionais, como actriz, assistente de realização e como produtora. Faz teatro radiofónico e declamação de poesia. Colabora com centros culturais em Maputo e na Beira, como actriz e monitora de oficinas de eloquência. Colabora também com algumas televisões nacionais.

Assista no Facebook e Youtube do CCFM.

VOLTAR PARA A AGENDA