DETALHES

Mai 20 2021
18:30H - 19:00H
Online
Ficha Técnica

Ivan Barros (realização); Francisca Mirine e Nelson Magule (coreografia e interpretação)Deyssane> Carlota Teixeira

Descrição

Nkare que significa “momento” em Xichangane, é um espectáculo que vai além do imaginário comum entre dois corpos que entram em concordância dependendo da força corporal activa que possuem. As suas técnicas entram em concordância e aceitação da experiência de cada um e envolvem movimentos distintos na sua acção performativa. Na forma de expressão dos seus corpos, pretendem demonstrar uma forma de criação artística entre duas pessoas consciencializadas por um objectivo artístico comum, que é transmitir, comunicar e fazer entender ao público a sua importância dentro da sociedade.

Francisca Mirine é estudante de gestão e estudos culturais do ISArC – Instituto Superior de Artes e Cultura. Iniciou a sua formação em dança na Companhia de Canto e Dança da Matola aos 14 anos de idade, praticando sobretudo danças tradicionais moçambicanas. Em 2013 e 2014, participou do programa de intercâmbio Umoja que lhe permitiu viajar por países como a Noruega, África do Sul, Zimbabué e Quénia. Em 2015, dá continuidade à sua formação com a Companhia de Dança CulturArte, onde teve oportunidade de aprofundar a sua formação em dança contemporânea, tendo participado de diversos workshops e acções de formação em várias vertentes das artes de rua, especialmente em técnicas de acrobacias aéreas. Ao longo do seu percurso como bailarina, colaborou com artistas como Lulu Sala, Ídio Chichava, Panaibra Canda, Didier Boutiana, Iva Mugalela, Abel Fumo, Jorge Ndlozy, entre outros.

 

Nelson Magule, natural de Maputo (1991), especializou-se como bailarino e artista circense na Companhia de Dança da Associação Cultural MoNo, com profissionais como Lulu Sala, Abel Fumo, Zacarias Mahumana, Irmelin Robetsen e Sonya Dahle. Em 2016, foi protagonista da peça Gym do Povo de Lulu Sala e, entre 2017 e 2018, participou no programa de intercâmbio Exchange em Oslo (Noruega) e Nairobi (Quénia), onde participou numa Formação em Artes de Circo com a Companhia de Circo e Dança Sarakasi Trust tendo também participado de vários workshops de Dança e Circo em Mombassa, Nakuri e Kampala. É membro do grupo Circo Wezu.

Ivan Barros é um fotógrafo e videógrafo moçambicano. Entusiasta e apaixonado pelo audiovisual, tem trabalhado com bailarinos de dança contemporânea de forma a promover expressões artísticas em Moçambique e para se desafiar a sair da zona de conforto. A sua carreira como realizador de documentários institucionais levou-o a viajar por quase todo o Moçambique rural, permitindo-lhe compartilhar pedaços do seu país com o mundo.

VOLTAR PARA A AGENDA