DETALHES

Mai 21 2021
18:30H - 20:00H
Sala Grande
600 mts / 500 mts

More Info

Read More
REGISTER
Ficha Técnica

Carlos Gove (viola baixo), Roberto Chitsondzo (guitarra acústica e voz), Jorge Moisés Salomão (teclado), Stelio Zoé (bateria), Muzila (saxofone e voz), Júlio Carlos Baza (trompete), António Carlos Baza (trompete e voz) , Tony Paco (percurssão), Djivaz Maduele (guitarra solo), Sheila Jesuíta (flauta e voz).

Descrição

Ghorwane é nome de um lago do Distrito de Chibuto, considerado milagroso porque nunca as suas águas desapareciam mesmo em tempos de seca. E foi este o nome escolhido por Pedro Langa, um dos membros fundadores, para a banda criada em 1983. A sua primeira aparição em público acontece em 1984, no Cine África e, assim, começava uma trajectória que tornou o grupo na maior banda do país após a independência. Em 1985, o falecido Presidente Samora Machel, chamou o grupo de “Bons Rapazes” num gesto de reconhecimento do seu trabalho como exemplo de cidadania Moçambicana, identificando-se assim, com o grupo pela sua ousadia e frontalidade. Entretanto, decorreram inúmeras participações em festivais e, em 1990, são convidados pelo conceituado músico Peter Gabriel a participarem no Festival WOMAD, em Inglaterra, e gravam o seu primeiro disco “Majurugenta” nos Estúdios da Realworld em Inglaterra, sob auspício daquele músico. Seis anos depois, gravam o seu segundo disco, “Kudumba”, com a Editora alemã Piranha. Permanecem a banda Moçambicana  mais reconhecida a nível internacional e mantêm apresentações frequentes em vários palcos dentro e fora do país.

VOLTAR PARA A AGENDA