DETALHES

Ago 09 2020 - Ago 10 2020
Artista
  • VICTOR DE OLIVEIRA
De

Wajdi Mouawad / Encenação: Victor de Oliveira / Tradução: Manuela Torres; Interpretação: Alberto Magassela ; Ana Magaia ; Bruno Huca; Elliot Alex; Eunice Mandlate; Horácio Guiamba; Josefina Massango; Rita Couto; Rogério Manjate; Sufaida Moyane Assistência de encenação: Venâncio Calisto / Música: Nandele Maguni / Vídeo: David Aguacheiro / Desenho de Luz: Caldino Perema / Figurinos: Isis Mbaga / Produção: Centro Cultural Franco-Moçambicano (Maputo) / Co-Produção: Culturgest (Lisboa); Le Grand T, Théâtre de Loire-Atlantique (Nantes); Centre Dramatique National de l’Océan Indien (Ilha da Reunião) / Apoio: Institut Français (Paris); DACOI Réunion (Ilha da Reunião); Kinani – Plataforma Internacional de Dança Contemporânea (Maputo); Théâtre National de La Colline (Paris) / Difusão: En Votre Compagnie (Paris).

Descrição

À leitura do testamento de Nawal Marwan, os gémeos Joana e Simão, seus filhos, devem fazer face a revelações estranhas: o pai deles não está morto e têm um irmão. Que fazer? Deixar tudo, atravessar o mar e um continente para ir ao encontro de um país longínquo e desconhecido, à busca da história da sua mãe e do mistério do seu nascimento? Essa busca da verdade não os fará correr o risco de poder levá-los ao impensável?

Wajdi Mouawad mostra-nos aqui uma verdadeira tragédia moderna. É a história da Nawal Marwan, mas é também a história das suas crianças nascidas sob fogo e à procura da verdade dessa mãe que lhes escondeu as suas origens. Ninguém sai ileso da descoberta da verdade, mas a esperança renasce porque cada um pode então olhar a sua própria história olhos nos olhos. Sem véu. Sem filtro. A nu. Um teatro cru, alegre, desesperado.

VOLTAR PARA A AGENDA