DETALHES

Abr 26 2022
Auditório
Gratuito
Ficha Técnica

Moderador: Leonel Matusse Jr

 

Biografias

David Diop
Romancista e académico Francês, David Diop nasceu em Paris em 1966 e cresceu no Senegal. Regressou a França para a Universidade, obteve o seu doutoramento na Sorbonne em literatura rancesa do século XVIII, e em 1998 assumiu um posto na Universidade de Pau, como Professor de Literatura Africana de língua Francesa.
Diop escreveu dois romances até à data. Fez a sua estreia em 2012 com “1889, lʼattraction universelle”, e em 2018 lançou “Frère d’âme”, que atraiu ainda mais atenção da crítica literária Francesa, tendo sido seleccionado no mesmo ano para os quatro grandes prémios literários Franceses Prix Goncourt, Prix Renaudot, Prix Femina e Prix Médicis, e galardoado com o Prix Goncourt des lycéens.

Mia Couto
Nasceu em 1955 na cidade da Beira, província de Sofala. Viveu nessa cidade até aos 17 anos, altura em que foi para Lourenço Marques para estudar Medicina. Interrompeu o curso para iniciar uma carreira jornalística que se prolongou até 1985. Por sua iniciativa, regressou à Universidade para estudar Biologia tendo terminado o curso em 1989. Até à data trabalha como biólogo em Moçambique.
Publicou mais de 30 livros, traduzidos e editados em trinta diferentes países. Os seus livros cobrem diversos géneros desde o romance à poesia, desde os contos ao livro infantil. Recebeu dezenas de prémios na sua carreira, incluindo – por duas vezes – o Prémio Nacional de Literatura, o Prémio Camões e o Prémio Neustad. No ano de 2020, com a trilogia “As areias do Imperador”, ganhou internacionalmente o prestigiado Prémio de Literatura Jan Michalski. Em Janeiro de 2021, também com a trilogia “As areias do Imperador”, foi galardoado em França com o Prémio Albert Bernard.

Descrição

Por ocasião da vinda do escritor Francês David Diop a Maputo, o Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM) e a Embaixada de França em Moçambique propõem uma sessão de conversa sobre literatura moderada pelo jornalista Leonel Matusse Jr., com a presença do escritor Moçambicano Mia Couto.

VOLTAR PARA A AGENDA